Margarida Genevois recebe prêmio de direitos humanos Dom Paulo Evaristo Arns

13.12.2019

Criado em 2016, por recomendação da Comissão da Memória e Verdade da prefeitura de São Paulo, o Prêmio Dom Paulo Evaristo Arns de Direitos Humanos foi concedido, dia 12 de dezembro de 2019, em São Paulo, à presidente de honra da Comissão Arns, Margarida Genevois.

Declarando-se “apenas representante de companheiras e companheiros” dos movimentos de direitos humanos, desde sua militância na Comissão de Justiça e Paz, que ela presidiu duas vezes, Margarida lembrou de Dom Paulo, que nomeou como “o maior brasileiro da segunda metade do século 20”.

"Não há paz sem justiça", disse a ativista, aos 96 anos, convocando a todos para "lutar por democracia, pela Justiça e pela paz”.

Veja reportagem da TVT sobre Margarida Genevois - https://url.gratis/Kjdhg