CIDH promove fórum sobre Covid-19 e direitos humanos

11.05.2020

Uma iniciativa promovida pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), ligada à Organização dos Estados Americanos (OEA), reuniu, dia 4 de maio, diversas organizações brasileiras da sociedade civil. O objetivo do encontro virtual foi a troca de informações sobre a situação dos direitos humanos no contexto da pandemia de Covid-19 no Brasil. A cientista política Maria Hermínia Tavares de Almeida participou, como representante da Comissão Arns, falando sobre temas em que a Comissão vem atuando mais diretamente.

O debate, que já aconteceu também com entidades da Argentina e será realizado em outros países, teve como destaque a vulnerabilidade dos povos indígenas, em especial, dos isolados. A CIDH convocou todos os Estados a tomar medidas específicas, consistentes com a cultura e os territórios dessa população nativa.

Dados sobre a situação em cada país e as recomendações da CIDH referentes ao combate à pandemia estão em uma nota divulgada em 7 de maio. O Boletim Informativo Sala de Coordinación y Respuesta Oportuna e Integrada (Sacroi Covid-19) apresenta dados estatísticos de fontes oficiais sobre a pandemia e os impactos nos direitos humanos.

Foto: Christian Braga/MNI