"Temos de transformar o luto em luta" - JOSÉ CARLOS DIAS, presidente da Comissão Arns

Perseguição a docente: CA envia ofício ao governo da BA

1 Dez 2021, 9:41 professora-bahia-perseguida-foto-paula-froes.jpeg

Comissão Arns enviou ofício ao secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo César M. Barreto, solicitando providências em relação a possível desvio de finalidade na atuação dos serviços de segurança pública no estado. É necessário apurar se houve constrangimento ilegal por perseguição político-ideológica contra uma professora do colégio estadual Thales de Azevedo, em Salvador, em novembro deste ano.

A educadora foi intimada pela polícia após uma aluna registrar queixa de que ela ensinava “conteúdo esquerdista”. Entre os assuntos abordados em aula, a aluna citava racismo, questões de gênero e machismo, entre outros.

“É preciso apurar prontamente os fatos relatados e adotar ações administrativas firmes e eficazes para que casos assim não mais se repitam, de modo a prevenir a responsabilização civil do Estado, bem como dos servidores envolvidos, pelos danos morais causados às vítimas de abuso de autoridade, entre outras consequências de ordem legal e disciplinar”, diz o documento.

Foto: Paula Froes