"Temos de transformar o luto em luta" - JOSÉ CARLOS DIAS, presidente da Comissão Arns

CA envia ofício à PGJ da Bahia sobre caso de racismo em shopping

18 Jan 2022, 17:43 racismo-shopping-ba.jpeg

No dia 18 janeiro de 2022, a Comissão Arns enviou um ofício a Norma Angélica Reis Cardoso Cavalcanti, procuradora Geral de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia, requerendo que seja “devidamente acompanhado e apurado o episódio de racismo sofrido por Luís Fernandes Júnior, no Shopping da Bahia, em Salvador, dia 28 de dezembro de 2022.

Um agente de segurança do shopping cometeu crime de racismo ao abordar o homem, negro, alegando que ele havia roubado um mochila que havia, na realidade, sido comprada pelo cliente em uma loja de departamento.

“Confiamos em providências para a devida apuração dos fatos e aguardamos informações sobre os encaminhamentos realizados, com indicação do procedimento judicial, para acompanhamento desta Comissão”, diz o documento.